O preconceito vem de casa?

Especialistas afirmam que a família colabora para a construção de opiniões dos filhos Matheus Dantas Na infância, Rebeca Borges, 21 anos, estudante de Comunicação Social da Universidade de Brasília (UnB), ouviu comentários pejorativos sobre o cabelo crespo e natural. As “brincadeiras” vinham da rua e da família. “Quando eu era criança, ficavam brincando e falando  que meu cabelo era ruim, duro e feio”, contou ela, que com a maturidade, observou que os comentários estavam carregados de preconceito. “O preconceito racial sempre foi uma coisa muito presente na minha vida. Porém, só fui entender e perceber que isso acontecia depois de … Continuar lendo O preconceito vem de casa?

Coaching, apoio na busca pela satisfação

Pessoas, sem perspectivas, procuram ajuda para alcançar o sucesso Hudson Portella & Péricles Lugos Independentemente do segmento que se pretende atuar, trabalhar ou interagir o coaching é uma opção para aqueles que buscam elevar a autoconfiança e estima na vida pessoal e profissional. São muitas as pessoas que procuram essa prática para cuidar de si mesma, no intuito de obter bons e melhores resultados durante o processo de coaching. Segundo dados da Associação Brasileira de Recursos Humanos, de 2013, há no Brasil cerca de 41 mil profissionais de coaching em atuação e a tendência é de crescimento. Nos Estados Unidos, 40% dos … Continuar lendo Coaching, apoio na busca pela satisfação

E aí, vai sossegar?

Namoro e casamento são os fantasmas do século, expondo a nova geração a dilemas Leticia Ziemann A regra que parece guiar a vida dos solteiros é de que o tempo é curto demais para não ser aproveitado. O que vale para jovens, independentemente, da idade, do sexo e da orientação sexual. É a sensação que vivem os universitários Wesley Chiaramonte, de 21 anos, e Murilo Aguiar, da mesma idade, e Ericka Sousa, de 20. Todos eles falam da liberdade, da busca pelo prazer e dos receios da decepção com o outro. “Muitas vezes, quando estava com alguém, achei que o … Continuar lendo E aí, vai sossegar?