Um mergulho no mágico universo da televisão

Daniel Neblina e Juliana Dracz

Há experiências na vida que são únicas. Reúnem aprendizados indispensáveis à nossa caminhada profissional. E vão além, porque acrescentam aquelas pitadas de humanidade que só nascem da vivência com o outro e, principalmente, da alteridade. Foi assim com a gente, quando cobrimos o Teleton – maratona que a emissora Sistema Brasileiro de Televisão (SBT) promove há 20 anos.        Amantes de televisão, era um sonho para nós um dia participar do evento. Como estudantes de Comunicação, tínhamos também o anseio de compartilhar com profissionais o frenesi que só é reservado a grandes coberturas.

Com essa aspiração em mente, arregaçamos as mangas e fomos à luta. Meses antes da maratona, começaram os contatos com o SBT, a fim de conseguirmos a credencial de imprensa. Durante dias, ficamos no pé dos responsáveis. E conseguimos, representando o Registro POP – portal de entretenimento comandado por um de nós (leia o boxe para saber mais sobre o portal).

Depois disso, foi só alegria. Estávamos no Teleton! Ainda podemos lembrar de todos os detalhes: a apreensão de quando chegamos às imediações do evento, a ansiedade antes de começar, a emoção de quando finalmente começou.

Anualmente, o SBT reserva quase 26 horas de sua programação ao Teleton. O resultado é uma maratona que reúne artistas, celebridades e jornalistas com o objetivo de mobilizar os brasileiros e arrecadar fundos para a manutenção das  12 unidades dos hospitais da Associação de Apoio a Criança Deficiente (AACD). Somente em 2016, a Instituição filantrópica e sem fins lucrativos realizou mais de 900 mil atendimentos em todo o Brasil.

Após se apresentarem no palco, os artistas são encaminhados a um lounge reservado à imprensa. Lá, conversam com jornalistas que representam os mais variados veículos sobre a  importância da ação em suas vidas e posam para fotos ao lado dos bonecos símbolo do projeto. Esses jornalistas, em tempo real, repercutem as declarações dos artistas nas redes sociais usando a forças dessas personalidades para impulsionar a maratona.

O local também funcionava como sala de espera para aqueles que vão subir ao palco e compartilhar com os telespectadores a importância da AACD, incluindo as crianças que viram suas vidas serem transformadas pelo projeto.

Apesar da correria, o espaço é uma ótima oportunidade para jornalistas amigos se encontrarem longe da grande demanda das redações. Lá, a decoração colabora para um ambiente mágico: bonita e harmoniosa. Em um clima  infantil que faz todos se sentirem aconchegados, o local é repleto de barraquinhas de lanches instaladas de forma voluntária pelas marcas alimentícias que apoiam a campanha. Na sede da emissora, os presentes ainda podiam usufruir de uma cabine de fotos, e assim, eternizar o momento.

Foi uma experiência incrível. Aprendemos muito. Além do conhecimento que já nos rendem alguns frutos no mercado de trabalho, pudemos conhecer história de vidas lindas de algumas pessoas beneficiadas pela iniciativa.

Além do SBT, o Registro POP também nos deu a oportunidade de conhecer as sedes da Record e Rede TV! Em visitas pré-agendadas, percorremos as instalações das emissoras e presenciamos a rotina de quem está no ar. Acompanhamos ao vivo nos bastidores a movimentação das equipes para colocar no ar os programas “Balanço Geral” e “Melhor Pra Você!”. Durante o passeio, pudemos conhecer os artistas que comandam as atrações e a melhor parte: experimentar a deliciosa comida do chef e apresentador Edu Guedes.

Eu, por mim mesmo

Eu, Daniel Neblina, sempre fui fissurado pelo entretenimento, em especial por televisão. Assim que ingressei na universidade, logo resolvi abrir meu próprio espaço para escrever sobre, criando, então, o Registro POP. Dois anos após o primeiro texto publicado, o portal acumula mais de 1 milhão de visualizações por mês. Dê uma conferida: www.registropop.com.