Jovens embaixadores da ONU

Programa de capacitação alcança jovens com menos oportunidades

Bruna Neres

O relatório da Situação da População Mundial de 2014 lançado pelo Fundo das Nações Unidas para a População (UNFPA), identificou que 1,8 bilhão de pessoas ao redor do mundo fazem parte da juventude mundial, das quais 90% estão em países em desenvolvimento, como o Brasil.  Quem viveu a experiência guarda as lembranças e aprendizagem para sempre, como Alexandre Netto, 26 anos, professor de inglês, participou da primeira edição do evento e disse que sua visão se expandiu. “Conheci o conceito de empresa inclusiva e foi lá no curso que nasceu a ideia de criar o BYE Program, uma empresa que ensina inglês a comunidades vulneráveis a um preço inclusivo, possibilitando jovens a aprender inglês e se tornarem professores do método, ” afirmou.

O Escritório das Nações Unidas sobre Drogas e Crime (UNODC) em parceria com a Caixa Seguradora criou, em 2016, o Programa Jovens Embaixadores da Juventude, atua na capacitação de líderes engajados em projetos sociais, principalmente os estudantes. Segundo os organizadores a motivação do trabalho surgiu porque a juventude tem deixado de ser espectadora dos fatos para passar a atuar em pautas que envolvem o futuro.

Ruth Adewonoula, 23 anos, estudante de Relações Internacionais, nasceu na Nigéria e mora no Brasil, mas pretende voltar para seu país, párticipou do fórum internacional – Fórum da Juventude do Conselho Econômico e Social das Nações Unidas (ECOSOC), em 2016 – e contribuiu com a criação do programa. “Meu discurso foi breve, abordei o tema: como é ser jovem, morador de periferia com poucas oportunidades e como iniciativas e programas são importantes para mudar a situação desses jovens”, destacou.

A segunda edição do Embaixadores da Juventude, começou em julho de 2017 e será finalizada em setembro. Os encontros ocorrem quinzenalmente, aos sábados, das 9h às 17h30 e as aulas foram divididas em cinco módulos que abordam temas como: cinco passos do desenvolvimento sustentável, paz, pessoas, prosperidade, planeta e parcerias, igualdade de gênero, empreendedorismo, meio ambiente, educação, espaços urbanos e saúde são abordados durante todos os encontros. O programa se propõe a formar lideranças locais, capazes de gerar mudanças positivas em suas comunidades e em debates locais, nacionais e internacionais.

Alice Scartezini, 46 anos, representante da Caixa, lembra que “há quatro anos enviam jovens para participar do fórum mundial da juventude na sede da ONU, em Nova Iorque. O nosso papel é criar espaços de representação direta da juventude e garantir a presença e a formação. Para os jovens, a oportunidade de conectá-los com agenda 2030 de forma crítica, quebra com a visão da juventude como meros participantes, ” ressalta.

Histórias

Depois de passar pela experiência do Programa das Nações Unidas, Jade Christinne da Costa, 21 anos, estudante de Direito, que coordena o projeto de idiomas Conexão Mundo, disse que sua vida mudou completamente.

“Não tenho uma pauta limitada à apenas um segmento, porém, como mulher e negra, sou naturalmente levada a refletir essas experiências pessoais em específico, no meu discurso”, afirmou Jade Costa, que participou em janeiro deste ano no Fórum da Juventude em Nova Iorque. “Posso dizer que a essa experiência expandiu meus horizontes e que através dela pude enxergar o que ainda não havia sido capaz de vislumbrar para o futuro da juventude brasileira: uma esperança. Em meio a notícias de tanto casos de violência, fui inspirada e encorajada pela história de tantos, com os quais tive contato. “

Salvador (BA) foi escolhida para sediar o próximo evento do programa do UNODC. Segundo Rodrigo Araujo, 24 anos, assistente de UNODC, o local foi escolhido pela necessidade de ampliar o diálogo e fortalecer os parceiros locais. A 3ª edição em Salvador será de 11 a 15 de outubro, o processo de seleção abre, em setembro, podendo concorrer jovens de todo país. Serão selecionados 25 interessados. A inscrição e participação no programa são gratuitas.

Foto divulgação: Embaixadores da Juventude