Uma conversa sincera com futuros jornalistas

Com entusiasmo, Orlando Brito deu dicas sobre imagens e textos

Equipe ARTEFATO

Aos 66 anos de idade e 50 de profissão, o fotojornalista Orlando Brito mantém o entusiasmo dos iniciantes. Vibra a cada história, conta com riqueza de detalhes e humor passagens que o consagraram. Ao analisar a 1ª edição do ARTEFATO, do segundo semestre de 2016, elogiou e destacou a qualidade das pautas e das matérias. Mas também fez observações sobre aspectos que devem ser aperfeiçoados. “Hoje nada passa sem o caminho das imagens. A abordagem visual é essencial”, ensinou Brito. “O fotógrafo existe para aproximar o leitor daquilo que está escrito. A fotografia é um idioma. É gente, é humano, é preciso ter pessoas nas imagens”, recomendou.

Orlando Brito recomendou que repórteres e fotógrafos trabalhem juntos para haver um diálogo no produto final. Bem-humorado, Brito sugeriu fotos para as próximas edições do ARTEFATO, inclusive colocou o Joksã Natividade Alves como modelo para uma imagem.
Entre uma história e outra, Brito fez recomendações. “Cada um tem de construir sua autoria. O que nos resta é cuidar da própria reputação”, sugeriu. “A fotografia tem de ser descoberto. Nada de foto preguiçosa. Isso é ruim.”

thumbnail_brito2
Orlando Brito explica que é preciso fotografar também com o ouvido

Foto: Paula Carvalho.

Para as próximas edições, Brito sugeriu:
1.Tirar foto “in natura”, o que significa aproveitar os momentos naturais e não produzir sempre;
2.Aproveitar as famosas fotos de arquivo;
3.Particularmente, ele desaprova “fotos rasgadas”, pois acha que isso desvaloriza a imagem em si;
4.Ter cuidado com o uso de arte e cores. Para ele, muitas vezes “suja” a foto.

447b3e79-a993-4c15-a374-5ea16b60a073
Orlando Brito e Paula Carvalho registram o ângulo perfeito

Foto: Fernanda Sá.

Ao final, Brito posou para a tradicional foto com a turma de editores, repórteres, fotógrafos e responsáveis pelo on-line e mídias sociais do ARTEFATO. O fotojornalista premiado e considerado um dos mestres do Brasil ofereceu-se para retornar à Universidade Católica de Brasília e destacou o interesse dos futuros jornalistas e a dedicação deles pela qualidade do trabalho.

14492483_1257146910982419_7853327012266286643_n
Orlando Brito elogia a qualidade dos repórteres, fotógrafos e editores do ARTEFATO

Foto: Paula Carvalho.